23 de mar. de 2008

Reebok é multada em US$ 1 milhão

A empresa americana de artigos esportivos Reebok aceitou pagar uma multa de 1 milhão de dólares por ter entregue milhares de pulseiras de brinde contendo chumbo, o que provocou a morte de uma criança. O bracelete era fornecido pela Reebok como brinde gratuito pela compra de vários calçados infantis. Em março de 2006, a empresa soube que um menino que morava no Estado de Minneapolis, nos Estados Unidos, morreu após engolir o bracelete, que continha um pingente de coração e emitiu um comunicado para a retirada de 500.000 pulseiras fabricadas na China, incluindo 300.000 nos Estados Unidos. A multa é a mais alta prevista na legislação federal sobre substâncias perigosas, que proíbe a presença de elementos tóxicos em brinquedos e outros produtos infantis.O antigo recorde era da Winco Fireworks, uma empresa que produz fogos de artifício, por ter importado fogos perigosos da China em 2005.A assessoria de imprensa da Reebok informou que o produto não foi distribuído no Brasil, somente nos Estados Unidos.

Redação Sport Marketing