28 de mar. de 2008

Peixe sufocado em dívidas

O Santos FC apresentou as contas referentes ao ano de 2007. O ano financeiro do clube, terminou com perdas no valor de € 13,1 milhões, aumentando desta forma os prejuízos em cerca de 66% em relação ao ano de 2006. Um dos principais fatores para o aumento do déficit do clube, prende-se com o pagamento dos salários do treinador Vanderlei Luxemburgo, que atingiram o montante de € 4,3 milhões. Outro fator importante que poderá ter tido peso no aumento das perdas, foi a decisão da direção em manter cerca de € 5,8 milhões em instituições bancárias rendendo juros de 16%, enquanto tem dívidas a pagar com juros na ordem dos 39%. No ano de 2007 o Santos conseguiu em termos de proveitos gerar cerca de € 19,6 milhões, enquanto os custos foram de € 32,7 milhões. O clube ainda mantêm uma dívida a bancos e instituições de crédito no valor de € 14,9 milhões, enquanto a dívida ao governo é de € 27,6 milhões. A transferência do jogador Rodrigo Souto para um clube da Europa, poderia ter reduzido em cerca de € 5,4 milhões, mas a mesma acabou não se concretizando.

Redação Sport Marketing