31 de mar. de 2008

Patrocinadores olímpicos recebem carta

Os doze patrocinadores TOPs do IOC - International Olympic Committee - Comitê Olímpico Internaconal - COI (Lenovo, Coca-Cola, Mcdonald´s, GE, Johnson&Johnson, Kodak, Atos Origin, Samsung, Panasonic, Manulife, Visa, Omega) receberam uma carta da Associação Mundial de Jornais (WAN) para que estes expressem oposição à violação dos direitos humanos na China e, em particular, ao problema da liberdade de expressão no país asiático. A WAN fez uma reclamação formal ao presidente do COI, Jacques Rogge, na qual pede ajuda para que as autoridades chinesas cumpram os compromissos olímpicos de respeitar a liberdade de imprensa. "A repressão do governo chinês contra os jornalistas e aqueles que tentaram exercer o direito de expressão se intensificou nos últimos meses" - lamenta a carta. O texto dirigido a Rogge, que se reúne em Beijing na semana que vem com membros do Comitê Olímpico Chinês, pede que o país sede dos Jogos Olímpicos dê "completa liberdade aos meios estrangeiros de informar quando estiverem na China".

Redação Sport Marketing