22 de mar. de 2008

Ministério do Esporte lança Escola Internacional de Futebol

Foi lançada, pelo secretário Executivo do Ministério do Esporte, Wadson Ribeiro, a Escola Internacional de Futebol. Um Acordo de Cooperação Internacional firmado entre a pasta e a Fundação Universidade de Brasília (UnB), que conta com recente apoio do Ministério das Relações Exteriores, que viabilizou a vinda de 40 técnicos de seis dois oito países de língua portuguesa - Guiné Bissau, Angola, Moçambique, Cabo Verde, Timor Leste e São Tomé e Príncipe - vai ensinar durante dois meses as técnicas do futebol brasileiro. O Brasil é o anfitrião e colabora com essa importante troca de experiência. Portugal não enviou representação. Os treinadores terão aulas teóricas e práticas, na escola que passa a funcionar no Centro Olímpico da Faculdade de Educação Física da UnB. O Ministério do esporte é responsável pela hospedagem, alimentação, transporte interno dos técnicos, logística, entre outros. Para o chefe da Assessoria Internacional do Ministério do Esporte José Leite Fonseca, o Brasil vai mostrar que tem muito a contribuir para o futebol mundial com a criação da escola. “Nós exportamos o espetáculo, a técnica e a beleza do futebol brasileiro por meio dos nossos atletas e competições. Agora estamos exportando a tecnologia do futebol brasileiro com o respaldo da Ciência do Esporte por meio da Universidade. Acredito que essa é uma ação qualitativa pois o Brasil está aberto, sobretudo, aos países em desenvolvimento”, disse.

Redação Sport Marketing