22 de mar. de 2008

FIFA tolerância zero

A Fifa anunciou a suspensão de Madagascar das competições internacionais de futebol. O motivo foi a interferência do governo federal na modalidade dentro do país. O ministro dos esportes de Madagascar, Patrick Ramiaramana, demitiu todo o comitê da federação alegando a invasão da torcida no estádio Mahamasina, em Antananarivo, que impediu a realização da partida da Liga dos Campeões Africana entre Ajesaia e Costa do Sol, de Moçambique. Ramiaramana culpou a Federação Malgache de Futebol pelo incidente e anunciou a realização de novas eleições para eleger os representantes em três meses. O presidente da Fifa, Joseph Blatter, havia dado três dias de prazo para o ministro voltar atrás na decisão. Porém, como isso não aconteceu, deu prosseguimento à suspensão, seguindo as normas do organismo internacional, que não permite a influência de políticos nas federações nacionais. Se a suspensão da FIFA for mantida, Madagascar não poderá participar das eliminatórias africanas para a disputa da Copa do Mundo de 2010, que começam em maio deste ano.

Redação Sport Marketing