1 de mar. de 2008

FIFA bate martelo no caso Matuzalém

O médio brasileiro Matuzalém foi um dos primeiros jogadores a aproveitar a porta aberta pelo "Caso Webster", saindo do Shakhtar Donetsk para o Saragoza no início da temporada. A equipe espanhola apresentou várias propostas pelo jogador, sempre recusadas pelos ucranianos. Matuzalém recorreu ao famoso artigo 17, onde se lê que um jogador com mais de 27 anos pode rescindir uniteralmente o contrato, após três anos no clube, pagando uma indenização a ser determinada pela FIFA. A entidade se pronunciou sobre o caso. Estabeleceu uma cifra de 6,8 milhões de euros. Curiosamente, o Saragoça tinha oferecido 7 milhões pelo jogador, mas o Shakhtar recusara. Matuzalém ficou muito satisfeito com o valor determinado pela FIFA e promete recorrer para o Tribunal Arbitral do Desporto. Matuzalém jogou no Sport Clube Vitória.

Redação Sport Marketing