31 de mar. de 2008

China imita Barcelona e proíbe o fumo

A primeira vez que na história dos Jogos Olímpicos o fumo foi abolido dos locais de competição foi em Barcelona 1992. A China, o país que contém o maior índice de fumantes do mundo (calcula-se 350 milhões de fumantes, 26% da população chinesa), também seguirá o exemplo catalão em grande escala. A maior parte dos locais públicos de Beijing terá que se adaptar para não fumantes a partir de 1º de maio, em uma decisão tomada como medida prévia aos Jogos Olímpicos, que acontecerão em agosto, informou o jornal 'China Daily'. As autoridades de Beijing, que adotaram sem grande sucesso as primeiras medidas antitabaco em 1996, anunciaram no início do ano que proibiriam o fumo em locais públicos, como restaurantes, escolas, hospitais, escritórios, bibliotecas ou museus. Segundo a nova legislação, os hotéis serão obrigados a ter pelo menos 70% dos quartos para não fumantes e os bares terão que delimitar de forma estrita as áreas liberadas ao fumo. As multas para os estabelecimentos caso a lei não seja respeitada podem chegar a 5.000 yuans (452 euros). Os Jogos Olímpicos foram declarados 'espaços sem tabaco' e, consequentemente, será proibido fumar nos locais com atletas e dirigentes.

Redação Sport Marketing