31 de mar. de 2008

Atlético-PR e Kyocera não renovam

Após três anos de parceria, Atlético-PR e Kyocera não renovam contrato, apesar de uma das cláusulas prever a opção por mais três anos. A empresa foi nos últimos tempos, a maior patrocinadora da camisa do clube e que também batizou o estádio da Arena da Baixada. O departamento de marketing do clube ainda não deu maiores detalhes do porque a renovação não ocorreu, apenas salientou que com a Copa do Mundo de 2014, os valores de negociação serão muito superiores aos fechados em abril de 2005. O montante desejada pelo clube nao foi revelada. De acordo com Mário Celso Petraglia já existem outras negociações em andamento. Nos bastidores comenta-se que a Emirates, famosa empresa de aviação, é uma das possíveis candidatas. A favor dela pesa o fato de ser patrocinadora dos eventos da FIFA até 2014 e também por ter um bom histórico com clubes de futebol. Atualmente a Emirates patrocina o Arsenal, Milan, Paris Saint German e Hamburger SV, além de ter o nome vinculado ao estádio do Arsenal (Emirates Stadium). A Emirates também patrocina jogos de rugby, corridas de yacht e barcos a motor, golfe, críquete, corridas de cavalo e tênis. Na busca do novo parceiro, o Atlético conta com a colaboração da empresa norte-americana Premiere, que está ajudando o clube a conseguir parceiros comerciais para o estádio Joaquim Américo e para o Centro de treinamentos Alfredo Gottardi – na parceria com a Kyocera, o Furacão contou com a Clear Channel. "Em função de todo esse movimento com a vinda da Copa do Mundo, achamos que a parceria tem de ser mais longa. E achamos que não necessariamente tem de ser a mesma empresa na camisa e no estádio. Estamos negociando com a Premiere, que é a empresa que está nos assessorando", disse o diretor de marketing do clube, Mauro Holzmann. O clube tem expectativa que a Arena do Furacão seja confirmada como uma das sedes para a Copa de 2014. Há três anos, o ex-patrocinador do Furacão fechou o acordo por US$ 1 milhão por ano (valor extra-oficial, não confirmado pela diretoria rubro-negra). Para aumentar a cifra, a diretoria atleticana pretende utilizar o mesmo projeto de marketing implantado pelo Dallas, dos Estados Unidos e parceiro do time. "Não temos pressa para apresentar um novo patrocinador. Ficamos negociando durante seis meses antes de acertar o nosso último contrato" – lembrou Holzmann.

Redação Sport Marketing