12 de mar. de 2008

Ações da Adidas sobem em Frankfurt graças a boatos

As ações da Adidas AG, segunda maior fabricante mundial de equipamentos esportivos, subiram nesta semana no pregão da Bolsa de Valores de Frankfurt devido a especulações de que a Nike Inc., maior fabricante mundial de calçados esportivos e concorrente de maior porte da companhia, poderá apresentar uma oferta de compra pela empresa alemã. Os papéis da Adidas chegaram a registrar alta de até 3% - o maior avanço do Índice DAX, da Alemanha. As ações estavam sendo negociadas com alta de 1,03 euro, ou 2,6%, a 41,02 euros durante o pregão de ontem em Frankfurt. Mesmo assim, os papéis perderam aproximadamente 20% de seu valor de mercado até esta altura do ano. Uwe Weinreich, analista do UniCredit em Munique, disse ter ouvido especulações de que a Nike, sediada em Beaverton, no estado norte-americano do Oregon, poderia apresentar uma oferta pela Adidas. Segundo o analista do UniCredit, o negócio é considerado "extremamente improvável" em vista da probabilidade de as autoridades antitruste proibirem a aquisição. "Quedas recentes nos preços das ações foram exageradas, pois os fundamentos econômicos da empresa são bons", acrescentou Weinreich, que recomenda a compra das ações da Adidas. Em outubro do ano passado, a Nike pagou US$ 580 milhões pela Umbro Plc, a fabricante dos uniformes da seleção nacional da Inglaterra. Com a aquisição, a Nike pretendia suplantar a Adidas em vendas de artigos esportivos até a Copa do mundo de 2010.

Redação Sport Marketing