26 de fev. de 2008

IRL e o dia D

Quarta-feira será o dia D. A coletiva de imprensa na qual todos os detalhes serão anunciados sobre a unificação da Indy Racing League e Champ Car acontecerá na sala de coletiva de imprensa, do circuito de Homestead-Miami Speedway. Na frente das câmeras estarão o fundador e presidente da IRL, Tony George (foto) e Kevin Kalkhoven, um dos diretores da Champ Car. A unificação das duas categorias é aguardada com ansiedade pela comunidade automobilística e principalmente pelas empresa e patrocinadores americanos. A idéia da fusão começou a ser discutida desde o começo da temporada passada, quando Tony George apresentou uma proposta vantajosa para as equipes da Champ Car - um incentivo de US$ 1,2 milhões (cerca de R$ 2,1 milhões), além de motores da Honda e chassis Dallara sem custo algum, como é feito com todas as outras equipes que já disputam a IRL. Duranteos doze anos de separação, nenhuma das duas categorias conseguiu se firmar, perdendo expectadores, equipes e pilotos para a NASCAR. Agora, diante de uma imimente quebra das duas operações e do crescimento paulatino da A1GP (Copa do Mundo da velocidade, na qual o bicampeão das 500 Milhas de Indianápolis Emerson Fittipaldi tem uma equipe), elas decidiram voltar a se unir.