28 de fev. de 2008

Impasse na vida de Cristiano Ronaldo

Acostumado a dar tantos passes geniais e a fazer gols magistrais, o craque Cristiano Ronaldo agora vive um impasse - em qual time jogar? Por sorte do jogador, esse impasse é devido às propostas fabulosas que tem recebido para trocar o time atual - Manchester United. Real Madrid e Barcelona estão de olho nele e chegam com propostas cada vez mais tentadoras. O Real teria prometido pagar ao craque português um salário de 15 milhões de euros anuais (1,25 milhões por mês) se ele aceitar trocar Old Trafford pelo Santiago Bernabéu. O garoto de 23 anos, ganha no time inglês, anualmente, sete milhões de euros (583 mil euros por mês). Em outras palavras, a oferta do Real representa o dobro do salário atual. De acordo com notícias veiculadas em Espanha, o clube merengue teria deixado claro que está disposto a abrir os cofres. Isso seria o motivo de Cristiano adiar a renovação com o Manchester United e estar demorando tanto tomar uma decisão. O jogador garoto propaganda da Nike, renovou na temporada passada até 2012, mas a cotação dele não parou de subir, assim como o assédio de outros clubes, o que vem infernizando a paz dos "red devils" (diabos vermehos), que se dispuseram a melhorar ainda mais as condições salariais do jogador. O Manchester United teria oferecido num primeiro momento 10 milhões de euros, quantia que subiu para 13 milhões de euros/ano, numa espécie de contra-ataque à proposta de dez milhões do Real Madrid ao garoto prodígio português. Veio então a contra-proposta merengue de 15 milhões. Para poder contar com Ronaldo, o Real Madrid teria ainda de chegar a acordo com o Manchester United para a sua transferência ou então pagar os 70 milhões de euros da cláusula de rescisão. As recentes declarações de Ramón Calderon, que apontaram Ronaldo como “um sonho impossível”, não passariam assim de um jogo do presidente do Real Madrid. Certo é que o United não abrirá mão facilmente do português. Só em campanhas publicitárias Cristiano Ronaldo vale, algo em torno de 24 milhões de euros. A Nike patrocina o jogador desde 2005 - 12 milhões de euros num contrato que dura há mais de dois anos e que, segundo fonte da marca, será também certamente renovado.

Redação Sport Marketing