16 de fev. de 2008

Ferrari bem dentro e fora das pistas

A Fiat, proprietária da tradicional fábrica de Maranello, revelou que a famosa marca teve um faturamento de € 496 milhões (cerca de R$ 1,2 bilhão) no último quadrimestre e um lucro de € 196 milhões (R$ 500 milhões), 20% maior que no mesmo período no ano anterior. De acordo com a revista "Formula Money", a conquista do Mundial de Pilotos e de Construtores rendeu à equipe italiana US$ 100 milhões (R$ 174 milhões) no ano passado. Além disso, o time ainda ganhou um pagamento extra da FOM, empresa que administra os direitos de imagem da F-1, por ter se comprometido com a categoria. Há alguns, a Ferrari, que completou 60 anos, ameaçou deixar a F-1 e ingressar em um outro campeonato. Em contrate com a McLaren, que precisou desembolsar US$ 100 milhões por ter sido considerada culpada no escândalo de espionagem, a escuderia do cavalinho rampante recebeu a maior quantia já paga ao time campeão.