27 de fev. de 2008

Dal Ponte muda e investe em futebol de campo

A Dal Ponte quebra a tradição e decide entrar nos gramados para disputar mercado com marcas como Adidas, Nike e Reebok. A empresa fundada há 26 anos na cidade gaúcha de Veranópolis, a 170 quilômetros de Porto Alegre, tem como objetivo ampliar o alcance da marca. As mudanças já começam neste ano. As linhas para futebol de campo e corrida já devem responder por 20% da produção de 2008, estimada em 3 milhões de pares de tênis e chuteiras e 650 mil bolas, o que representa uma alta de 20% sobre o desempenho de 2006. A meta é que em cinco anos, os volumes dobrem e a participação dos novos nichos alcance 50% da produção. "A ampliação do portfólio com produtos para futebol de campo será oficializada a partir de 15 de março, com uma campanha publicitária que inclui out-doors, revistas especializadas, anúncios no metrô, transmissões de jogos pelo rádio e mobiliário urbano. O trabalho começará pelo Rio de Janeiro, depois irá para São Paulo e outras capitais brasileiras, de olho na "maior visibilidade" do esporte praticado nos grandes estádios", afirmou o presidente executivo Rogério Vargas. Para a estréia no futebol de campo, a Dal Ponte já fechou contrato com os jogadores Valdívia (Palmeiras), Kléberson (Flamengo) e Fábio (Cruzeiro), que vão participar da campanha de lançamento da nova linha de produtos.

Redação Sport Marketing