23 de fev de 2008

Cristiano Ronaldo - garoto prodígio português

Aos 23 anos, Cristiano Ronaldo é um orgulho português e uma marca bastante rentável. Pegue a calculadora e vá somando, porque os números são muitos. Só em campanhas publicitárias Cristiano Ronaldo vale, algo em torno de 24 milhões de euros. O Banco Espírito Santo é prova disso. Em 2003, o banco apostou no jovem madeirense que o Sporting (clube que na altura lhe pagava 1500 euros/mês) havia ‘perdido’ para o Manchester United. Hoje o jogador é a imagem exclusiva do banco e para cada contrato que Cristiano Ronaldo assina, de três em três anos, junto ao BES, o jogador recebe quatro milhões de euros, apenas pelas campanhas publicitárias, pois este valor pode ser acrescido por vários outros trabalhos adicionais. Em 2006, Cristiano tornou-se acionista do BES quando renovou o contrato e recebeu parte do pagamento em ações (36 mil) desta entidade bancária (que na ocasião valiam cerca de 400 mil euros). O contrato do jogador com o banco vai até ao final do campeonato da Europa, em junho deste ano, mas a probabilidade de ser renovado é grande. Em 2005, Cristiano Ronaldo foi garoto propaganda de uma coleção de roupa da Pepe Jeans e colocou no bolso 1,5 milhões de euros. A Nike patrocina o jogador desde 2005 - 12 milhões de euros num contrato que dura há mais de dois anos e que, segundo fonte da marca, será certamente também renovado. Os games e as empresas de aparelhos celulares também passaram a encarar Cristiano Ronaldo como um chamariz. O Pro Evolution Soccer 8 (o jogo mais famoso do mundo) rendeu ao craque cerca de dois milhões de euros. A empresa portuguesa YDreams decidiu inovar e colocou a imagem de Cristiano Ronaldo como figura animada no jogo para os celulares da Vodafone, pagando 1,5 milhões pelos direitos de imagem ao jogador. A Nintendo também tem uma parceria com o craque e paga a Cristiano o mesmo valor que da Vodafone. Em 2006, Coca-Cola convidou Cristiano para fazer um anúncio na China por 1,5 milhões. Em salários, o Manchester United, paga ao jogador, anualmente, sete milhões de euros (583 mil euros por mês) - salário que está prestes a ser renegociado e talvez alcance dez milhões de euros (830 mil euros/mês) -, isto sem falar em prêmios de jogo, merchandising do clube inglês e as convocações para a seleção. Em termos de salários, Cristiano ocupa a oitava colocação entre os jogadores em atuação na Europa mais bem pagos, lista essa liderada por Kaka, do Milan - 750.000€ (mês) e 9.000.000 € (ano). Dinheiro é que não está faltando na vida de Cristiano Ronaldo.